Pinturas rupestres do Cachão da Rapa


Pinturas rupestres do Cachão da Rapa
O acesso à Fraga do Cachão da Rapa, popularmente conhecida por “Curral das Letras”, faz-se pelo lugar do Zimbro, descendo o caminho em terra batida, mas acessível para qualquer veículo motorizado, até à ponte de caminho de ferro junto do Douro. Aí, segue-se pela linha do comboio de ferro até ao túnel da mesma linha (km 142,2 da linha do Douro) a pouco mais de 2 km da estação do Tua. O acesso é bastante difícil o que tem contribuído para a conservação das pinturas. Estas encontram-se num penedo granítico sobranceiro ao rio Douro (confronte figura). São constituídas por um conjunto de cerca de três dezenas “de figuras megalíticas elaboradas com formas geométricas, podendo algumas ser encaradas como representações humanas muito esquematizadas. A maioria das representações é constituída por figuras quadrangulares com o interior seccionado em xadrez, possíveis representações de ídolos neolíticos. São encimadas por dois traços vermelhos. Existem ainda motivos quadrangulares mostrando o interior segmentado de forma oval ou circular. Foram usados o vermelho cor de vinho e o azul-escuro, quase negro, sendo este último bastante raro”. Este conjunto de pinturas megalíticas é monumento nacional, pela publicação em Dec. nº 32 973, DG 175 de 18 Agosto 1943.

4 comentários:

Manuel disse...

Bom dia, era possível marcar uma visita num dia de Verão?
Eu adorava ver ao vivo a Fraga Pintada do Cachão da Rapa.
Responda por favor para lenan2do@gmail.com

antonio carlos disse...

Só vendo e sentindo o lugar e o ambiente que o rodeia se pode dizer alguma coisa.Passar o dia entre a Rapa e o São Salvador do Mundo é com certeza uma descoberta muito interessante.
antonio carlos

Manuel disse...

Já agora, tem alguma coordenada GPS que me indique exactamente o local?
Ou algumas indicações que me possam lá levar exactamente?

Obrigado.

Park Douro Selvagem disse...

Um dos percursos do PARK DOURO SELVAGEM é a visita às pinturas rupestres da rápa. Acompanhados por um guia.
Marcação: douroselvagem@gmail.com